De 01/06/2017 a 02/06/2017
Seminário "Os vivos e os mortos - ecologia política da memória e do esquecimento"
Reunir antropólogos e geógrafos em torno do tema memória e contramapeamento é a proposta do seminário. Durante o evento, antropólogos conduzirão discussão sobre a eficácia política dos mortos sob quatro posições diferentes: a de ancestrais, a de vítimas do esquema de vinganças familiares, a de almas à procura dos vivos e a de parentes mortos bruscamente. O intuito é refletir como cada uma dessas condições libera efeitos políticos, históricos e mnemônicos nos vivos, assim como os obriga a certas condutas existenciais. Também está previsto debate sobre a possibilidade de incorporação das discussões antropológicas sobre memória às práticas de contramapeamento em contextos de mobilização social; nesse momento, a ideia é discutir as viabilidades de se elaborar mapas de luto colaborativos junto a grupos que vêm criticando os mapas estatais de violência, que em geral embasam políticas públicas repressivas. O encontro é gratuito e aberto ao público; as atividades começam às 14 horas, no primeiro dia, e às 8 horas, no segundo. As inscrições podem ser feitas até dia 24 de maio pelo e-mail lee@ufscar.br.
Local: Anexo da Reitoria, na área Sul do Campus São Carlos
Realização: Laboratório de Experimentações Etnográficas e Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Relações de Poder, Conflitos e Socialidades (Hybris)
Mais informações: e-mail lee@ufscar.br