Notícia

Mariana Pezzo - Publicado em 19-06-2017 16:00
Ciclo de debates reflete sobre as diversidades e a convivência na UFSCar
Programação reflete princípios da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade. Foto: CCS.
Programação reflete princípios da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade. Foto: CCS.
De 13 de junho a 4 de julho, está acontecendo na UFSCar o ciclo de debates "As diversidades étnico-raciais, sociais, culturais e de gênero na UFSCar: desafios para a convivência no ambiente universitário", organizado pela Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (Saade) em parceria com o Departamento de Ciências Sociais (DCSo) e a Coordenação do Curso de Ciências Sociais. O objetivo é convidar a comunidade universitária e demais pessoas interessadas para debater a importância da educação das relações étnico-raciais e de processos de formação constantes dos quadros de servidores docentes e técnico-administrativos para o respeito às diferenças e o acolhimento das diversidades nos âmbitos do ensino, da pesquisa e da extensão.

Considerando a relevância atribuída ao diálogo com os estudantes, participarão do Ciclo representantes dos coletivos Frente Negra, Café das Pretas e Centro de Culturas Indígenas (CCI), além do Diretório Central dos Estudantes (DCE). Como afirmam os organizadores, a proposta do Ciclo "parte da certeza de que é por meio do diálogo e da participação que políticas de ações afirmativas conseguem se efetivar institucionalmente", em consonância com a Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar, cujos princípios estão refletidos na programação proposta.

No dia 13, o tema de estreia foi "Povos indígenas na UFSCar: diálogos interculturais para a construção coletiva de conhecimentos". No dia 20, a programação continua com o tema "Educação das relações étnico-raciais no ambiente universitário", a ser debatido por Priscila Medeiros, Coordenadora do curso de Ciências Sociais, e Maria do Socorro Braga, Chefe do DCSo; e Gabriela de Jesus Nunes e Jefferson Sankofa, estudantes do curso de graduação. O início do evento no dia 20 foi adiantado para às 17h30, no Auditório do Departamento de Sociologia.

"Educação das relações de gênero no ambiente universitário" será o tema no dia 27, com a participação das professoras do DCSo Sylvia Iasulaitis e Lidiane S. Rodrigues e de Jorge Leite Junior, professor do Departamento de Sociologia (DS), juntamente com Natália Rejane Salim, Coordenadora de Diversidade e Gênero da Saade; da estudante do curso de Gerontologia Erika Santos; e de representante do DCE a ser indicado.

A programação se encerra no dia 4 de julho com o debate "Acolhimento de estudantes estrangeiros e em situação de refúgio: desafios da interculturalidade", com Igor José de Renó Machado, docente do DCSo; Thais Juliana Palomino, da Coordenadoria de Acompanhamento Pedagógico e Acadêmico de Estudantes (Caape) da Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad), juntamente com os estudantes estrangeiros Osires Fernando Ribeiro Nhaga, do curso de Engenharia da Computação, e Angélica Maria Bossa Lozando, do curso de Psicologia.

Os encontros, exceto o do dia 20, acontecem sempre às 18 horas, no Auditório do Departamento de Ciências Sociais, na área Sul do Campus São Carlos. A participação é aberta a todas as pessoas interessadas.